RECOMENDAMOS

RECOMENDAMOS
Encontro de Casais

QUEM SOMOS

Semear é um projeto abençoado que através da palavra de Deus busca transformar vidas, restaurar casamentos e salvar famílias.
Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Caixa de Recados

PARA MEDITAR

“A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba.” (Provérbios 14.1).

VIDEOTECA SEMEAR

Prova de Fogo
A Virada
A filha do Pastor

Visite-nos no ORKUT

liuanjos@hotmail.com
quarta-feira, 23 de junho de 2010
Mesmo estando vivendo em uma época chamada de moderna, as nossas expectativas em relação a alguns fatos não mudou muito. O casamento é uma delas, muito mais para as mulheres, que são cheias de fantasias, desejos e imagens do momento. Ainda sonham com o príncipe encantado, nada de cavalo branco, isso já é passado. E ser feliz para sempre, mesmo que o amor para muitos é eterno enquanto dure, ou enquanto eu não me apaixono de novo.

Esta idéia de que é no casamento que seremos completos, que acabará a solidão pesa muito no relacionamento. Sonhamos com uma vida linda, sem desatinos, sem discussões, afinal no nosso namoro é tudo tão lindo, ele me entende, ela sabe o que quero sem eu mesmo falar. Parece uma figura inspirada em uma bela moldura e sem defeitos.

Pensamos em nossos espaços, futuros filhos, sem ninguém nos atrapalhar. Esquecemos que existem famílias ao redor e que se não ficarmos espertos eles nos destroem com poucas palavras amargas que carregam de seus próprios frustrados relacionamentos.

Há! Os preparativos da cerimônia. Lembro-me bem do meu, mesmo tendo passado tantos anos, uma correria, vai aqui, ali, os amigos ajudam a olhar vestido, terno, o sapato, a festa. Quem vai celebrar, os padrinhos, cuidados para que amigos e parentes não se chateiam por não ser chamados, os convites que nunca conseguimos entrar na totalidade. Ufa! Cansei só de pensar, mas é tudo tão gostoso. Tudo envolve a nova família que surge. São tantas opiniões ao mesmo tempo, tantos palpites, parece que vamos enlouquecer.

As famílias são lindas neste momento, estressadas, mas lindas e não conseguimos pensar que podem estar é intrometendo na vida do novo casal. Isso vem logo depois da festança.

Nestes primeiros meses pensamos até em ter um bebe, que lindo será ter mais um em casa, mas não se pensou no trabalho que dá na luta, da febre, acordar pelas madrugadas. Sobra pouco tempo para os cônjuges. É tudo tão lindo em nossa expectativa. As tarefas de casa são todas bem divididas, eu lavo, você seca e guardamos juntos. Até a louça ficar entulhada na pia e o tempo só correndo e os dois jogados no sofá pensando em como pagar as contas.

Só que tudo isso não deve te desanimar, deve incentivá-lo a procurar a própria razão do seu relacionamento. Você ouvirá as vozes pós-casamento, assim: “Você merece muito mais do que isso?” “Você está realmente feliz nesta vida de casado”, “você se prender a isso? Você sempre foi tão exigente”.

Sei o quanto estes momentos são difíceis, há horas em que paramos e pensamos, chega! Cansei, não foi isso que sonhei para mim, mas não é mesmo, estes são momentos de adaptação. Momentos em que vocês estão procurando a forma adequada de encaixar a tampa na panela. Não deixe o barco agora, ás águas vão baixar, o mar se aquietará e você não deve esquecer o que os uniu foi exatamente o que os separa agora – a diferença. Ele a ama muito você o ama também. São estranhos agora, mas a intimidade virá. Não fique só, lembre-se de bons amigos, que saibam dar bons conselhos. Chore, desabafe e volte para casa e verá o mundo melhor. Fale com casais mais maduros, que saiba observar seus defeitos, aponta-los com amor e te ajudar.

Não deixe que expectativas errôneas de outros impressione você. Curta cada momento, ele é único, não deixe família, amigos, nada atrapalhar. Não desista nunca nas lutas, afinal não há vitória sem elas, ela pode gerar hematomas, não deixe que eles virem feridas profundas a ponto de não cicatrizarem, tudo que envolve esta nova etapa de nossas vidas requer cuidados e amor. Construa seu caminho, faça suas histórias juntos e verá como é bom caminhar junto a alguém jamais desanimo. Continue sempre a olhar para o melhor. Você é o melhor que ela tem e ela é o seu melhor. Por isso estão juntos. “E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a perseverança, e a perseverança a experiência, e a experiência a esperança; e a esperança não desaponta, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.” (Romanos 5:3-5).

Por Silvia Leticia Carrijo de Azeveo
Sou evangelica desde os 04 anos de idade, casada, mae, pregadora, ministro para casais, cursos ministerias. Amo a casa do Senhor e escrevo artigo para sites e impressos.

1 comentários:

André Pires disse...

Testando a opção comentário.

Postar um comentário