RECOMENDAMOS

RECOMENDAMOS
Encontro de Casais

QUEM SOMOS

Semear é um projeto abençoado que através da palavra de Deus busca transformar vidas, restaurar casamentos e salvar famílias.
Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Caixa de Recados

PARA MEDITAR

“A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba.” (Provérbios 14.1).

VIDEOTECA SEMEAR

Prova de Fogo
A Virada
A filha do Pastor

Visite-nos no ORKUT

liuanjos@hotmail.com
segunda-feira, 28 de novembro de 2011
Introdução
Provérbios 4.10; 14.1; 13.22
        Precisamos de sabedoria para viver. Sim, para viver em comunhão com Deus; para viver bem em família; para viver com discernimento nos negócios e para viver fazendo bom uso das palavras. E onde vamos encontrar essa sabedoria? O livro de Provérbios é uma fonte de sabedoria, isto já começa no capítulo 1.7:O temor do SENHOR é o princípio do saber, mas os loucos desprezam a sabedoria e o ensino”.
        Nosso assunto de hoje é família, primeiro é Deus e depois vem a família. Ela é a primeira instituição de Deus – Gênesis 1.2 nos ensina isto. Como a família pode viver em equilíbrio, feliz, saudável numa sociedade em crise, enferma, desajustada, em conflito, com uma inversão de valores, com um mundo posto no maligno? 1João 5.19: “Sabemos que somos de Deus e que o mundo inteiro jaz no Maligno”.
No estudo da palavra, livro de Provérbios, vamos ver alguns princípios de Deus para a família desenvolver relacionamentos saudáveis:
 
1) Cônjuges vivendo um relacionamento feliz e saudável
- Provérbios 5.15-19: “Bebe a água da tua própria cisterna e das correntes do teu poço. Derramar-se-iam por fora as tuas fontes, e, pelas praças, os ribeiros de águas? Sejam para ti somente e não para os estranhos contigo. Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias”.
- Vivemos felizes como marido e mulher quando vivemos bem o nosso lado emocional. Olhemos Gênesis 26.8:Ora, tendo Isaque permanecido ali por muito tempo, Abimeleque, rei dos filisteus, olhando da janela, viu que Isaque acariciava a Rebeca, sua mulher”.
- Quando somos parceiros na educação dos nossos filhos – Provérbios 1.8-9:Filho meu, ouve o ensino de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe. Porque serão diadema de graça para a tua cabeça e colares, para o teu pescoço”.
- Quando somos fiéis no cumprimento dos votos de fidelidade mútua – Provérbios 2.17: “a qual deixa o amigo da sua mocidade e se esquece da aliança do seu Deus; Malaquias 2.15:Portanto, cuidai de vós mesmos, e ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade”.
- Para que tudo isto aconteça entre os cônjuges a sabedoria do alto é necessária.
 
2) Pais e filhos vivendo relacionamentos saudáveis
- A bíblia se refere a pais e filhos que não tiveram um bom relacionamento:
Isaque e Jacó, o filho enganou seu próprio pai – Gênesis 27.18-19: “Jacó foi a seu pai e disse: Meu pai! Ele respondeu: Fala! Quem és tu, meu filho? Respondeu Jacó a seu pai: Sou Esaú, teu primogênito; fiz o que me ordenaste. Levanta-te, pois, assenta-te e come da minha caça, para que me abençoes”. Davi e seu filho Absalão, o filho revoltou-se contra seu próprio pai – 2 Samuel 15.8 narra este triste fato.
- o livro de Provérbios nos ensina algumas práticas neste relacionamento:
1ª) os pais ensinando os seus filhos – Provérbios 22.6: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele. O lar é uma escola. Ensinar principalmente pelo exemplo;
2ª) os pais disciplinam os seus filhos – Provérbios 13.24:O que retém a vara aborrece a seu filho, mas o que o ama, cedo, o disciplina. Provérbios 23.13: “Não retires da criança a disciplina, pois, se a fustigares com a vara, não morrerá”.
Isto resulta em alegria tanto para os pais como para os filhos – Provérbios 17.6:Coroa dos velhos são os filhos dos filhos; e a glória dos filhos são os pais”. Provérbios 15.20: “O filho sábio alegra a seu pai, mas o homem insensato despreza a sua mãe. Provérbios 10.1:Provérbios de Salomão. O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe. Para isto acontecer precisamos de sabedoria”.
 
3) Irmãos vivendo um relacionamento saudável
A Bíblia fala de conflitos nos relacionamentos de irmãos:
- Caim e Abel – Gênesis 4.5: “ao passo que de Caim e de sua oferta não se agradou. Irou-se, pois, sobremaneira, Caim, e descaiu-lhe o semblante”.
- Esaú e Jacó – Gênesis 27.41:Passou Esaú a odiar a Jacó por causa da bênção, com que seu pai o tinha abençoado; e disse consigo: Vêm próximos os dias de luto por meu pai; então, matarei a Jacó, meu irmão”.
- José e seus irmãos – Gênesis 37.11: “Seus irmãos lhe tinham ciúmes; o pai, no entanto, considerava o caso consigo mesmo”.
- Jesus e seus irmãos – João 7.3,5: “Dirigiram-se, pois, a ele os seus irmãos e lhe disseram: Deixa este lugar e vai para a Judéia, para que também os teus discípulos vejam as obras que fazes. Pois nem mesmo os seus irmãos criam nele”.
Atitudes que devem ser evitadas entre irmãos:
- indiferença - Provérbios 19.7:Se os irmãos do pobre o aborrecem, quanto mais se afastarão dele os seus amigos! Corre após eles com súplicas, mas não os alcança”.
- contendas – Provérbios 6.19: “testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia contendas entre irmãos”.
- ofensas – Provérbios 18.19: “O irmão ofendido resiste mais que uma fortaleza; suas contendas são ferrolhos de um castelo”.
Entre irmãos deve haver amizade, fraternidade, amor, consideração, perdão, ajuda. Como diz o hino: “Que vista amável é quando com santo amor, irmãos unidos pela fé, adoram o Senhor”. Isto é fruto de vivermos com sabedoria.
 
Conclusão
A família é a menina dos olhos de Deus. Ela é projeto de Deus, ela é a célula mãe da sociedade, ela é a figura da família de Deus. Vivamos em sabedoria com a graça de Deus.
 
Messias Anacleto Rosa

0 comentários:

Postar um comentário