RECOMENDAMOS

RECOMENDAMOS
Encontro de Casais

QUEM SOMOS

Semear é um projeto abençoado que através da palavra de Deus busca transformar vidas, restaurar casamentos e salvar famílias.
Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Caixa de Recados

PARA MEDITAR

“A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba.” (Provérbios 14.1).

VIDEOTECA SEMEAR

Prova de Fogo
A Virada
A filha do Pastor

Visite-nos no ORKUT

liuanjos@hotmail.com
domingo, 17 de abril de 2011
Um dos fundamentos bíblicos para a relação entre cônjuges é que os dois são uma só carne. As duas pessoas quando em um relacionamento conjugal se unem para ser uma só pessoa. Jesus repetiu essa verdade dizendo – “E serão os dois uma só carne e, assim, já não serão dois, mas uma só carne.” Marcos 10:8

Costumo dizer que eu era 50% e minha mulher outros 50%; só agora somos 100%. Esse fundamento envolve questões psíquicas e espirituais obviamente. As duas pessoas continuam dois seres vivos distintos, com corpos separados. Mas em sua psiquê, espiritualmente são uma só carne.

Assim um deve cuidar do próprio corpo, que é a segunda pessoa. Cônjuges que dezprezam seus parceiros, estão se mutilando. Casais que menosprezam e ridicularizam ao parceiro, estão praticando suicídio. Destruindo a si próprios.

Por outro lado, maridos que zelam pelo bem estar das esposas, estão nutrindo e cuidando do seu próprio corpo. Mulheres que zelam e cuidam de seus maridos estão preservando o seu próprio corpo.


O relacionamento do casal representa a unidade da Santíssima Trindade. A união que deve existir entre marido e mulher, é um pálido reflexo da união do nosso Deus. Marido, mulher e filhos são uma representação terrena da Divindade em união e amor.

“Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo. Porque nunca ninguém aborreceu a sua própria carne; antes, a alimenta e sustenta...” Efésios 5:28 e 29

Muitos casais se separam por não cuidar um do outro. Estão sacrificando a própria saúde e felicidade. Os dois são uma só carne, um só indivíduo.

Muitas mulheres sofrem perdas irreparáveis por falta de cuidado na relação. Se os maridos fossem cuidadosos e provedores, teriam mulheres saudáveis e belas. Mas é o egoísmo que leva as pessoas a ignorarem umas as outras e fenecer pela indiferença.

O verdadeiro amor procura o bem estar físico do outro. Porque cuidar do outro, é cuidar de si mesmo. Devemos amar o próximo como a nós mesmos – é a máxima do evangelho. Mas nosso cônjuge é o ser mais próximo que possuímos.

No fundo, no fundo, somos todos pessoas carentes de cuidados. Quando cuidamos um do outro, quando servimos um ao outro, cumprimos o propósito de nossa existência.

http://relacionamento-conjugal.blogspot.com/2009/05/em-edicao_4008.html

0 comentários:

Postar um comentário