RECOMENDAMOS

RECOMENDAMOS
Encontro de Casais

QUEM SOMOS

Semear é um projeto abençoado que através da palavra de Deus busca transformar vidas, restaurar casamentos e salvar famílias.
Tecnologia do Blogger.
Ocorreu um erro neste gadget

Caixa de Recados

PARA MEDITAR

“A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba.” (Provérbios 14.1).

VIDEOTECA SEMEAR

Prova de Fogo
A Virada
A filha do Pastor

Visite-nos no ORKUT

liuanjos@hotmail.com
sábado, 17 de julho de 2010
o Casamento é um Investimento.

O matrimônio é uma das boas novas que Jesus nos trouxe, e a proposta de Deus não mudou para a família, mesmo depois de muito tempo.

“Tudo faço por causa do evangelho, com fim de me tornar cooperador com ele. Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi te tal maneira que o alcanceis. Todo o atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível. Assim corro também eu, não sem metas; assim luto, não como desferindo golpes no ar. Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado”.( I Coríntios 9: 23 a 27 )

Paulo está falando sobre o sacrifício de ser um cooperador do evangelho e sobre um atleta correndo em busca do prêmio. Qual a relação disso com família e casamento? A palavra evangelho significa boas novas. Vamos então, substituir a palavra evangelho por casamento, pois o matrimônio é uma das boas novas que Jesus nos trouxe e a proposta de Deus não mudou para a família, mesmo depois de muito tempo.

Paulo fala também sobre metas. Você tem metas para o seu casamento e para sua família? O que você tem feito para concretizar essas metas? O que muitas vezes impede a conclusão de alguns objetivos, é que não agimos, mas ficamos esperando as coisas acontecerem.

Os sonhos mais nobres de um homem e uma mulher são o casamento e a família. É interessante observarmos que, em algumas situações, em vez de sermos os cooperadores, nós boicotamos nosso casamento.Para sermos um cooperador do nosso casamento temos que entender o que Paulo está dizendo nesse texto. Ou seja, devemos vencer os dias maus. Esses dias são de treinamento e fazem parte do crescimento das pessoas.

Paulo sugere que devemos fazer tudo por causa do casamento, assim nos tornaremos cooperadores. Todos nós temos os dias maus, mas também temos aqueles dias que nos sentimos ótimos, estamos conectados com Deus. Sabemos que existem dias que estamos afastados de nós mesmos e dos nossos princípios. Nos tornamos egoístas, materialistas, procurando acabar de alguma maneira com os nossos desejos naquele momento. Deus sabe disso! Ele conhece a natureza humana! Ele sabe que, na bênção, nos aproximamos d’Ele e nos dias maus fugimos. Isso acontece também no casamento.

É preciso é ficar atento para não agir de acordo com os nossos sentimentos durante os dias maus. Antes de tomarmos qualquer decisão, devemos ver como estamos interiormente e ver como está o nosso relacionamento com Deus.

Ser cooperador não depende de nossa paixão pelo o cônjuge. Os dias maus virão, ainda assim, não devemos quebrar a aliança. Procuremos ser como um atleta, que tudo domina. Para alcançarmos as metas, devemos viver em função delas. Os relacionamentos não precisam mudar por causa das crises, mas devem e podem se fortalecer no meio delas.


2004-08-18 - Bispo Robson Rodovalho - presidente da ANVIG
http://www.anvig.org.br/exibirConteudo.asp?COD=600

0 comentários:

Postar um comentário